Ciclo Turismo no Alto Tietê

Postado dia: 16/07/2014

caminhos do sal

A região metropolitana de São Paulo ganhou, no último mês, uma rota cicloturística que passa por regiões rurais e históricas. Conforme noticiado pelo site Vá de Bike, o “Caminho do Sal” possui 53,5 km e é fruto de uma parceria entre as cidades de São Bernardo do Campo, Santo André e Mogi das Cruzes, todas elas próximas à capital paulista.

Durante o trajeto, os visitantes estão em contato direto com a natureza, passando por estradas de terra em regiões inabitadas e riachos com águas límpidas. As prefeituras instalaram placas de sinalização para auxiliar a localização e o patrulhamento da área deve ser reforçado para garantir a segurança dos turistas. Em declaração ao Vá de Bike, o secretário de Gestão Ambiental de São Bernardo do Campo, João Ricardo Guimarães Caetano, explicou que a criação da rota ecoturística deve contribuir para a economia local, mas também deve ajudar a preservar o patrimônio histórico e natural.

Além de beneficiar a região, esta também é uma boa oportunidade para os ciclistas que desejam fugir da cidade em passeios por trilhas e estradas de terra. A equipe de reportagem do site especializado, composta também por ciclistas, alerta para o nível de dificuldade da rota, que exige bom preparo físico e algumas técnicas de mountain bike.

O Caminho do Sal começa na Rodovia Caminho do Mar e acaba em Paranapiacaba. Como a rota ainda não possui site, as informações são passadas por telefone pelas três prefeituras envolvidas no projeto:

Santo André: (11) 4439-0109

São Bernardo: (11) 4122-1116

Mogi das Cruzes (11) 4726-9920

O Vá de Bike ainda indica os passeios organizados pela empresa Brasil Adventure, responsável por levar os primeiros ciclistas que pedalaram pela nova rota cicloturística.

 

 

 

 

 

 

 

Share
 


  Parceiros da Equipe Volare

Banner
Banner